Receitas

A cozinha da Geórgia recorre muitas vezes às nozes em combinações inesperadas, mas sempre deliciosas. É o caso desta entrada de beringelas, muito comum nos restaurantes do país.

P1080977_resize

[click to continue…]

{ 2 comments }

2 Comentários.

Estamos na época dos festivais de verão, e quando duram mais de um dia, geralmente ficamos à mercê do que há pelas proximidades ou dentro do recinto. Porque não levar uns snacks levezinhos, saudáveis, gostosos e saciantes?

Barritas-Cruas-(2)_resize

[click to continue…]

{ 4 comments }

4 Comentários.

Muita gente conhece a deliciosa matapa de Moçambique. Mas poucos sabem que em Madagáscar este esparregado de mandioca se chama ravitoto, e tem honras de prato nacional.

[click to continue…]

{ 8 comments }

8 Comentários.

Há que aproveitar bem a época das cerejas. Depois dos míni queques, sugiro agora uma receita clássica francesa que também não é nada má: o clafoutis de cerejas.

Clafoutis.texto_resize

[click to continue…]

{ 4 comments }

4 Comentários.

Vende-se de manhã à noite, no comboio e nas estações, nos autocarros, na rua e também nos restaurantes mais caros: os bolinhos de lentilhas, chamados wade, são o snack mais popular do Sri Lanka. E são veganos

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

Originária dos Andes, a quinoa tem sido recentemente apontada como uma bomba de proteínas. Esta receita de hambúrguer combina este grão com outros ingredientes que encontramos com frequência na comida do Peru, como o milho e o feijão. E para dar um toque ainda mais peruano, o molho escolhido é o ají.

5Hamburguer-de-quinoa_resize

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

Na Turquia, a comida é tão variada como as paisagens: praias, planícies e picos com neve, cidades agitadas e monumentos históricos, parece não faltar nada neste país. E a receita de sigara boregi é apenas uma, entre as muitas opções vegetarianas que é possível encontrar durante uma viagem neste grande território que une a Europa e a Ásia.

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

A francesinha é o petisco mais famoso do Porto. Nasceu com carne, mas já há de marisco e mesmo vegetariana. A nossa receita é saborosíssima – o segredo da francesinha está sempre no molho – e, claro, vegan! Muito sabor e consciência tranquila, como em todas as nossas receitas…

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

A cor é natural e o arroz é tão único como o sítio de onde vem: o estado de Meghalaya, na Índia.

Arroz-Vermelho-(3)_resize [click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

Os momos são delicados raviólis com um recheio de sabor suave, que podem ser fritos ou cozidos a vapor. A receita é bem conhecida no Tibete e no Nepal, mas os momos também são comuns em certas zonas da Ásia Central e da da China, assim como no norte da Índia.

Momos-(7)_resize

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.