Receitas

A cor é natural e o arroz é tão único como o sítio de onde vem: o estado de Meghalaya, na Índia.

Arroz-Vermelho-(3)_resize [click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

Os momos são delicados raviólis com um recheio de sabor suave, que podem ser fritos ou cozidos a vapor. A receita é bem conhecida no Tibete e no Nepal, mas os momos também são comuns em certas zonas da Ásia Central e da da China, assim como no norte da Índia.

Momos-(7)_resize

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

A moussaka é um prato clássico da cozinha grega muito fácil de “veganizar”.  Quase todos os tasquinhos da Grécia oferecem a sua versão deste prato – e esta não perde nada em sabor, dizem os carníveros mais ferozes…

[click to continue…]

{ 2 comments }

2 Comentários.

O dal bhat – lentilhas com arroz – é o prato típico do Nepal. E quem já fez um trekking nos Himalaias nepaleses vai associar para sempre o seu paladar ao descanso do fim do dia, nos pequenos albergues com vista para as montanhas mais extraordinárias do planeta…

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

Duas sugestões frescas para saborear à beira-mar: poncha e ananás na brasa. E com vista sobre as montanhas escarpadas da costa norte da Madeira, ainda sabe melhor…

Vista sobre a costa em Porto da Cruz, Madeira

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

Tenho duas receitas de bolo de banana diferentes, e ambas fazem parte da minha “coleção” de Bolos Castanhos. Fica aqui o maior, mais leve e mais simples, porque estamos no verão e porque temos preguiça…

[click to continue…]

{ 2 comments }

2 Comentários.

Aprendi na Sardenha esta receita de curgete recheada. Mas podia ter sido em qualquer outra parte de Itália, país pouco tímido no que diz respeito às receitas com legumes: assados, estufados, crus ou grelhados, a cozinha mediterrânica, sobretudo entre a França e a Turquia, tem sempre receita para uns legumes soltos que apareçam na cozinha.

[click to continue…]

{ 2 comments }

2 Comentários.

As espetadas são o petisco mais vulgar na Ásia Central, da Quirguízia ao Tajiquistão, da província chinesa do Xinjiang ao Uzebequistão. A receita de hoje recria as ruas enfumaradas ao fim da tarde, as espetadas com pão e o chá servidos nos chaikhanas, sobre mesas colocadas num divã.

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

A primavera é uma época deliciosa, cheia de coisas boas como favas e cerejas. Depois de uma receita clássica com favas, fica aqui uma menos usual (mas muito simples) com cerejas: uns míni queques ótimos para levar para qualquer lado.

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

Está no tempo das favas, um petisco que não se pode deixar de aproveitar. As favas com chouriço são um excelente clássico da cozinha portuguesa – e um bom exemplo de uma receita típica facilmente “veganizável”.

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.