Dia da Criança todos os dias

Coisas do Mundo

Quando se celebra um Dia Mundial, geralmente é para lembrar qualquer coisa que nunca devíamos esquecer: a Mãe, o Pai, a Biodiversidade, os Museus, a Criança…

Dia Mundial da Criança

Porquê dedicar um dia anual às crianças? Porque há muitas que trabalham como adultos, que não se alimentam devidamente, que estão expostas a guerras, a doenças ou, muito simplesmente, à indiferença. E há também o mundo das crianças obesas, sobrealimentadas, que têm até mais do que desejam.

No fundo, o mundo das crianças é um microcosmos do mundo dos “grandes”. E nem por serem miúdos os seus problemas são pequenos.

Em viagem, são uma alegria: mais curiosas que os adultos e menos constrangidas por regras sociais, abrem-nos as portas do seu mundo em troca de um lápis de cor ou de uns momentos de conversa. Brincam connosco e convidam-nos para casa com grande facilidade, não escondem o choro e muito menos o riso. Podem ter medos, mas não têm preconceitos: o estrangeiro é só uma curiosidade, mais um “brinquedo” novo.

E as que encontramos andrajosas, abusadas, de olhos tristes, que por ordem dos adultos se nos agarram às pernas para inspirar a caridade e o donativo? As que fogem a correr com um pacote de bolachas para não partilharem com os outros? As que perderam a vergonha e pedem tudo, até a roupa que trazemos vestida?

Essas são as que me fazem zangar e chorar de impotência, as que mostram a outra face da moeda de ser pequeno: é fácil ser mandado, e pior do que isso, mudado. É demasiado fácil transformarem-nas na imagem mais feia do mundo: a da miséria, do egoísmo, da ganância, da falta de empatia com o outro.

É por isso que o Dia Mundial da Criança devia ser todos os dias.; devia ser a Hora Mundial da Criança, das 17h às 18h, por exemplo, para os que têm a sorte de ir à escola também poderem celebrar. E nessa hora todos comiam, brincavam, não tinham frio nem calor, e estavam com as pessoas mais próximas – pais, avós, amigos…

Celebrei várias vezes esta hora com crianças, em vários destinos, em brincadeira pegada ou – a minha atividade favorita – a pedir-lhes para desenharem qualquer coisa: a casa, a família, os bichos. Eles não sabem, mas no final os lápis de cor são deles, e a recompensa é minha. É tão bom – e tão fácil – partilhar com eles umas horas de felicidade!

 


Pub


Quando viajo faço sempre um seguro de viagem pela Nomads


Anabela Tomás Junho 1, 2013 às 15:23

Belíssimo apontamento, Ana!

Bom dia da criança para ti também, no Berdinho!
(eu estou em casa rodeada de “ainda” crianças, todos rapazes, aos saltos…)

Responder

Comedores de Paisagem Junho 4, 2013 às 13:23

Obrigada, Anabela!
Já vi que não perdes um post! :)

Responder

Luísa Pinto Junho 4, 2013 às 15:03

A Hora Mundial da Criança. Todos os dias. Celebrar. Gosto disso, Ana. Gosto muito. Só poderia vir de uma criança linda como tu.

Responder

Comedores de Paisagem Junho 5, 2013 às 20:36

Deixe o seu comentário!