Nua e Crua: Salada Colorida de verão com molho Pesto

Receitas

Esta é uma verdadeira receita de Comedor de Paisagem: uma mistura muito saborosa de legumes crus, ligada pela cremosidade do queijo vegan e do Pesto. Esta Salada Colorida traz o verão para a mesa mesmo no inverno, e o seu colorido não é inocente: os vermelhos, roxos e verdes agradam aos olhos pela beleza e pelos nutrientes.

Rica em cores e em nutrientes

Receita de Salada Colorida

Para esta salada inspirei-me numa outra, que comi em Moçambique, com os pés quase na água do mar e os olhos num mangal belíssimo. A diferença é o queijo fatiado vegan, tipo Mozzarella, que se junta ao tomate para fazer a base da salada, e que depois é coberto por uma juliana finíssima dos restantes legumes. Ligeiramente crocante e de sabor delicado, presta-se ao sabor forte do Pesto – quem não gostar, pode adicionar nozes partidas e regar apenas com um fio de azeite.

É preciso: 1 couve roxa pequena, meio pimento verde, meio pimento vermelho, meio pimento amarelo, quatro tomates, uma embalagem de queijo vegan tipo Mozzarella fatiado* (pode usar outro tipo de queijo, desde que seja cremoso).

Lavar e cortar os tomates em rodelas finas e dispor uma camada num prato, alternando com fatias de queijo. Cortar os legumes numa juliana finíssima, e espalhar sobre a primeira camada. Regar com o molho Pesto.

Queijo vegan fatiado, tipo Mozzarella

Receita de Pesto

É preciso: 4 colheres de sopa de salsa fresca picada, 2 colheres de sopa de manjericão fresco picado, um dente de alho, uma colher de sopa rasa de queijo-creme tipo Toffuti (ou de outro queijo vegan ralado), 1 colher de chá de pinhões, 5 ou 6 colheres de sopa de azeite, sal e pimenta preta ralada a gosto.

Coloca-se tudo no copo do liquidificador e bate-se enquanto se junta o azeite, até ter a consistência que se deseja. Para regar a salada é melhor deixá-lo mais líquido (com mais azeite); se pretender barrar tostas, pode juntar mais queijo-creme para obter um Pesto mais cremoso. No final pode corrigir o sal e a pimenta.

As cores variadas não se limitam a fazer desta receita um prazer para os olhos; revelam também muita vitamina C (vermelho), antocianinas, que protegem o funcionamento da memória (roxo), e luteína, que protege os olhos (verde), para além dos antioxidantes comuns a muitos legumes, sobretudo crus.

O queijo vegan não tem a gordura do queijo comum porque é feito essencialmente de leite de soja, e não de vaca ou de outro animal. Portanto, a gordura principal é o saudável azeite do Pesto, rico em manjericão e em salsa – carregadinha de vitamina A, e por isso, também excelente para a visão.

* Os queijos vegan encontram-se em casas especializadas em comida saudável, em barra, fatiados, em creme e até já ralados.


Pub


Quando viajo faço sempre um seguro de viagem pela Nomads


Anabela Tomás Outubro 20, 2012 às 15:19

Deliciosa, minha querida, mesmo com mozzarella gorda… o pesto faz o resto!

Responder

ana Outubro 20, 2012 às 16:32

Abaixo a mozzarella gorda! Viva o queijo vegan! :)
E nada de adulterar as minhas belas receitas!

Responder

Deixe o seu comentário!