Andes

Se o Império Inca foi uma das mais extraordinárias sociedades humanas e Cuzco foi a sua capital, isso já diz muito sobre o que se pode encontrar ao visitar a moderna cidade de Cuzco, no Peru.

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

O Tren de las Nubes circula no norte da Argentina, numa linha cada vez mais reduzida. Mas o cenário é belíssimo, e vale a pena percorre-lo seja em que transporte for.

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

O Equador deve ser o país sul-americano de que menos se fala. Talvez pela relativa estabilidade política e ausência de catástrofes naturais, coisas que abundam nos territórios vizinhos. Mas viajar neste patchwork de culturas há quase 30 anos atrás, foi uma experiência que me deixou memórias excelentes.

Image42_p1_resize

[click to continue…]

{ 4 comments }

4 Comentários.

Tupiza fica no sul da Bolívia, fora das maiores rotas turísticas deste país andino. Fui lá parar por acaso, mas o seu vale verde e fértil, encaixado a quase 3.000 metros de altitude entre montanhas vermelhas e secas, convenceu-me a ficar um par de dias – e a montar um cavalo pela primeira vez na vida, para explorar os arredores.

[click to continue…]

{ 0 comments }

Sem Comentários.

A mais conhecida das “cidades perdidas” fica no sul do Peru, no cimo de uma montanha, cerca de 2.400 metros acima do nível do mar. Chamam-lhe Machu PicchuVelha Montanha ou Velho Pico, na língua local, o quíchua – e esteve durante séculos escondida por uma geografia elaborada, caprichosa, e também por uma densa floresta, quase tropical. Agora faz parte de um punhado de lugares no mundo que ultrapassa qualquer descrição ou fotografia, uma curta lista onde se poderia igualmente inscrever as ruínas da cidade de Angkor ou o Taj Mahal, cuja presença tem o dom de ultrapassar qualquer representação.

[click to continue…]

{ 6 comments }

6 Comentários.