Salada turca de beringela

Receitas

A Turquia é conhecida, entre outras coisas, pela sua excelente gastronomia mediterrânica, apoiada essencialmente em vegetais que são consumidos numa variedade infindável de receitas. Esta salada de beringela, tomate e pimento é um dos muitos mezze (entradas) propostas nos restaurantes turcos.

Receita de Salada de Beringela

O modo de preparação é simples, e a salada pode ser consumida morna ou à temperatura ambiente, no inverno, ou acabada de sair do frigorífico, no verão. Até há pouco tempo costumava assar a beringela no forno, mas a receita melhorou 100% quando segui o conselho de uma amiga especialmente conhecedora da Turquia (istambul5dias.net), e passei a grelhá-la diretamente sobre o bico de um fogão a gás! O sabor fica ligeiramente fumado e a beringela não seca, guardando todos os sucos dentro da casca.

É preciso:

Beringela, pimento vermelho, tomate e cebola – um de cada. E ainda um dente de alho e um molho de salsa picadinhos, e o sumo de um limão. No final, temperar com uma colher de sopa de azeite, pimenta preta moída na altura, sal (se necessário), e decorar com azeitonas

Começa-se por lavar e secar a beringela inteira, colocando-a diretamente sobre o fogo no bico do fogão a gás – ou num fogareiro a carvão, se tiver. Pegando pelo pé, vá virando de vez em quando até a beringela estar completamente cozinhada (mole, com a casca chamuscada). Pelar (a casca sai muito facilmente) e cortar em pedacinhos.

O pimento pode ser usado em cru, mas eu prefiro grelhá-lo da mesma maneira, até estar mole e poder abri-lo com as mãos, tirar as sementes e as partes brancas. Partir em pedacinhos e misturar com o tomate e a cebola também picados. Para a cebola ficar menos “agressiva”, pode parti-la em quartos e esfrega-los com sal grosso, antes de a picar.

Misturar todos os ingredientes e servir. Se guardar umas horas (no frio ou à temperatura ambiente), a salada ganha em sabor e consistência, podendo mesmo ser enformada. Serve-se com pão, de preferência caseiro.

Nas aldeias turcas ainda há muito quem faça o seu pão em casa…

Cozinhar com beringela

Versátil como poucos, a beringela é, a par com o primo tomate (são da mesma família, assim como o pimento e a batata) o legume mais frequente nos pratos turcos, sob a forma de salada, em paté, assada ou recheada, em espetadas ou simplesmente grelhada com alho e azeite. Em Portugal o seu uso ainda é relegado para a sopa, ou então, é muito simplesmente frita, o que é um erro: a sua consistência esponjosa absorve toda a gordura.

Para além do seu sabor pouco acentuado, esta ilustre (quase) desconhecida, é um dos legumes mais medicinais da cozinha mediterrânica. É rica em proteínas (para quem não entende onde é que os vegetarianos vão buscar as proteínas, aqui está um bom exemplo), reduz o colesterol e baixa a pressão sanguínea. O seu consumo regular também previne a aterosclerose, a artrite e a diabetes, e também é usada em problemas do fígado e do estômago. Agora só falta mesmo saber como cozinhá-la…


Pub


Quando viajo faço sempre um seguro de viagem pela Nomads


olga Março 3, 2013 às 19:38

Lá vou experimentar,parece muito simples!
Beringela nao costumo utilizar muito,tenho de mudar isto.Bjs

Responder

Comedores de Paisagem Março 5, 2013 às 19:11

Vais ver que vale a pena!

Responder

Sissa Galebe Março 6, 2014 às 12:35

Obrigado pelo carinho da receita e, posso dizer que sou apaixonada por berinjela de todas as formas em que se apresenta na culinária. Mais uma vez agradeço a gentileza. Abraço forte!! ;))

Responder

MARIANNA Dezembro 10, 2015 às 23:09

Nham!!!! ó que de-lí-cia…!!! Amo berinjela!!
Um legume maravilhoso! Vou experimentar essa receita. Já a copiei no meu caderno
de recritas. Muito obrigada!

Responder

Comedores de Paisagem Dezembro 28, 2015 às 9:14

Eu também AMO beringela, e essa receita é fantástica! :)

Responder

Comedores de Paisagem Junho 9, 2017 às 10:03

Obrigada pela referência! Adorei o blogue http://alemdaalface.com.br/10-receitas-com-berinjela/.

Responder

Cancel reply

Deixe o seu comentário!