Onde os Rios têm Marés

Viagens com Livros

Onde os Rios têm Marés é o meu primeiro e único livro, enquanto o segundo anda por aí a borbulhar. Foi escrito quando comecei a ter vontade de registar algumas das histórias de viagem, que durante anos andei (e ando) a contar aos amigos.

Onde os Rios têm Marés

Onde os Rios têm Marés é um livro de viagem na primeira pessoa, despretensioso e de leitura fácil, com alguma informação sobre os locais por onde andei em solitário, no Paquistão e na China, ao longo da Estrada do Karakorum.

Estava destinado a iniciar a Coleção Cultura de Aventura, da editora Via Óptima, e não foi um êxito de vendas. Confesso que dei uma ajuda nisso, ao recusar-me a fazer a divulgação do costume: sentada atrás de uma mesa, com dois ou três senhores a dizerem muito bem da obra e da autora, a chamar-me aventureira e a garantir que ninguém pode ser feliz sem ler o meu livro. Lamento, mas não gosto de desempenhar esse papel.

O maior defeito, bastante irritante, é que com tanta revisão ainda tenham passado alguns erros de sintaxe. O maior elogio que recebi e continuo a receber dos leitores, é que conseguem “viajar comigo”, ver o que eu vejo  e divertir-se com as peripécias, inevitáveis numa viagem mais longa.

Deixo aqui as palavras com que o editor apresenta o livro: “Viajante impenitente, Ana Isabel Mineiro aventurou-se num país dilacerado pelo islamismo radical para explorar alguns dos lugares mais remotos do planeta, lá, onde as fronteiras do Paquistão confinam com o Afeganistão e a China. Utilizando apenas transportes públicos locais em complemento dos pés, seguiu a vertiginosa Estrada do Karakorum, atravessando o Vale de Hunza – a inspiração para o paradisíaco Xangri La – até alcançar a “Grande Turquia” de Marco Polo. Pelo caminho foi hóspede dos kalash, o único povo pagão indo-europeu – em cuja terra as mulheres se vestem como princesas medievais e se avista um fugidio “homem as neves” – e palmilhou os glaciares colossais que escorrem das faldas ocidentais dos Himalaias. Ana Isabel Mineiro apresenta-nos agora a crónica do seu tão emocionante quanto divertido périplo oriental. Retrato vívido de regiões que têm existido numa intemporalidade hoje ameaçada pelo avanço duplo do fundamentalismo e da modernidade, Onde os Rios têm Marés é tudo quanto a literatura de viagem deve ser – uma janela de palavras aberta sobre o mundo.”

Para adquirir o livro pode contactar diretamente a Via Óptima.


Pub


Quando viajo faço sempre um seguro de viagem pela Nomads


Isabel Ribeiro Agosto 26, 2012 às 23:22

Gostei, gostei muito Ana. Um verdadeiro livro de viagens: paisagens estonteantes e espectaculares (que tu mostras com verdadeira sensibilidade do que mais toca à vista e ….. ao coração como excelente profissional e pessoa humana!) e culturas e gentes tão diferentes de nós mas tão integradas no seu mundo. Senti-me transportada; àquelas paisagens grandiosas, àquelas montanhas agrestes; àqueles picos nevados, àquela natureza verdadeiramente selvagem …. àquele contraste …..
E olha que até agora só vi as fotos e o documentário expressos neste site (imagino o que mostras e relatas no teu livro!). SUBLIME! És uma verdadeira Comedora de Paisagens; não só partilhas a comidas dessas gentes, mas também a sua história/memória e conheces e mostras a essência desses lugares únicos.
Parabéns pelo site; gosto da maneira pessoal como exprimes aquilo que vistes e sentistes, da maneira interactiva como é feita a passagem das fotografias.
Sucesso para a tua vida profissional (e pessoal).

Isabel Ribeiro

Responder

ana Setembro 1, 2012 às 19:17

Obrigada, Isabel, não sabia que eras assim tão fã de viagens…
Espero continuar à altura do que gostas de ver (e ler), e ter sempre o prazer dos teus comentários :)

Responder

Rosane Santiago Cordeiro Março 28, 2016 às 16:51

Cara Isabel,
preciso falar contigo com urgência, estou fazendo um documentário sobre a estrada Karakorum e gostaria de entrar em contato contigo.
Será uma honra!
Grande abraço
Rosane Santiago – Rio de Janeiro – Brasil

Responder

Comedores de Paisagem Abril 12, 2016 às 17:15

Respondi para o seu e-mail. :)

Responder

Deixe o seu comentário!